O que é o AIRSOFT??

O que é o AIRSOFT??

Historia do Airsoft

 

O Airsoft é um desporto moderno de combate ou um passatempo em que os participantes eliminam oponentes com bolas esféricas de plástico (bb’s), lançadas de replicas de airsoft. Os participantes empregam tipicamente o uso de vários tipos de armas projectadas como replicas de armas reais, de roupa táctica e de acessórios usados por organizações modernas das forças armadas e da polícia.

O Airsoft tem suas raízes nos anos 70, Japão, onde as armas eram difíceis ou impossíveis de obter devido às leis locais e então decidiram procurar uma alternativa legal as armas reais. A vasta maioria de replicas de airsoft, acessórios, e depois as peças do melhoramento, são fabricadas também em países orientais distantes tais como Japão, China, Hong Kong e Taiwan. Muitas destas replicas chinesas estão dominando o mercado do airsoft. Companhias como a G&G, Classic Army, ICS rapidamente espalharam seu nome com preços mais baratos e acessíveis.

Neste momento existe também um interesse crescente no airsoft na América do Norte e na Europa.

Os participantes de Airsoft organizam encontros, em edifícios ou ao ar livre, em campos de batalha dedicados ao airsoft para jogar uma variedade dos jogos que variam dos skirmishes de curta duração, cenários organizados, simulações militares ou operações históricas. As situações do combate no campo de batalha envolvem frequentemente o uso de tácticas militares comuns para conseguir os objectivos definidos em cada jogo.

Fundamental, o airsoft é um jogo jogado dentro de uma área pré-determinada onde o objectivo seja eliminar o adversário. Aceita-se geralmente que quando um jogador é atingido, que se retire para fora do jogo, ao contrário do paintball o qual deixa marcas visíveis na roupa. Algumas variações comuns do jogo incluem o “Deathmatch”, capturam da bandeira e Close Quarters Battle (jogo que ocorre em ambiente urbano e espaços pequenos e que pretende simular o ambiente real do CQB).


MilSim


MilSim (simulação militar) combina geralmente o jogo do airsoft com alguns elementos reais de acção militar. Diversas objectivos ou missões são atribuídos a cada equipa, junto com uma capacidade baixa munição (bb’s), das baterias, e do outro equipamento apropriado. As equipas permanecerão no campo para a duração do jogo, somente retornando a uma área de estágio ou “a uma zona segura” para emergências médicas, ou em outras tais circunstâncias. E nos veículos das escalas maiores tão simples quanto camionetes e camiões pintados são usados. Mas em alguns casos, como a operação Irene, APCS real, são usados tanques .

Regras especiais são usadas muitas vezes para tornar o jogos simples mais interessantes e mais longos, como por exemplo o uso de médicos e perda de arma quando somente a arma é atingida, “respawn” passado uns minutos de ter sido “morto” e outro tipo de situações.

Honra

A honra é usada quando durante os jogos quem é atingido, que por honestidade se declara morto ou que foi atingido, ao contrário do paintball, as bb’s não pintam. Dependendo da força com que a bb é disparada e da distância, quando se é atingido o jogador em questão deve sentir uma pequena dor ou batida onde é atingido. Em caso de longas distancias o jogador poderá não sentir o impacto da mesma.

Energia cinética

A taxa de energia cinética é relativamente mínima no airsoft comparada com a do paintball. Uma bb que pese 0,20g e viajando aproximadamente a uma velocidade de 300 FPS (feet per secund/ pés por segundo) ou em metros 90 m/s , usa cerca de 1 Joule de energia. Uma bola de paintball que pesa cerca de 2.84g à mesma velocidade usa 11,8 Joules. Existe uma considerável diferença entre os níveis de energia do airsoft para o paintball (1 Joule para 11 Joules) e o tipo de colisão que ocorre também tem que ser considerado.

A maioria das armas de airsoft é capaz de disparar entre os 250 e 400 fps. Uma pequena unidade chamada de Hop-up, quando presente, permite ajustar o efeito da bb, faz com a mesma suba ligeiramente. Isto permite que uma arma com Hop-up tenha mais um pouco de alcance do que uma arma sem Hop-up. Neste momento existem limites quanto ao máximo de fps também dependendo da arma (350fps / 375fps) em Portugal, isto permite que todos joguem em pé de igualdade e também evita pequenos acidentes desnecessários.

Simulação Policial

Hoje em dia a policia usa o airsoft para o treino de situações reais. Por exemplo limpar compartimentos ao estilo SWAT, são usadas replicas de airsoft bastante realísticas tipo M16 e M9, granadas de gás e outro tipo de armas. O mesmo também acontece em treinos militares, também conhecido por Milsim. Este tipo de armas por serem totalmente em metal, mais realísticas muitas vezes tendo blow back para maior realismo. Mas claro que se tornam um pouco mais caras que as replicas de plástico/abs.

Custos

Para um novo jogador a escolha entre o paintball e o arisoft, em relação ao material básico para airsoft é mais barato, no que toca aos apetrechos e outros extras os valores não diferem muito. Uma grande diferença encontra-se nos projecteis, as armas de airsoft não encravam tão facilmente e as “bolas” (bb’s) de airsoft são muito mais baratas em relação ao fabrico comparado com o paintball. As replicas geralmente são a parte mais cara do equipamento, isto dependendo da gama/qualidade da replica, existem replicas de baixa qualidade/gama também conhecidas por low-cost aeg (aeg’s de baixo custo/economicas) que podem ir dos 50€ ate aos 150€ aproximadamente, depois tambem existem outro tipo de gamas e de marcas de melhor qualidade, por exemplo Tokyo Marui ou ICS e que rondam entre os 350€ e os 500€, por vezes ate mais dependendo muito da replica e da qualidade. Algumas replicas mais optimizadas e/ou mais realistas podem passar dos 1000/1500€.

No MilSim onde a base principal do jogo é o realismo, o equipamento torna-se muito mais caro, muitas vezes os jogadores optam por usar equipamento original e protecção balística e não copias mais acessíveis desse equipamento, o que pode levar o jogo a custo bastante elevados.

Segurança

Embora as replicas de airsoft operem sobre princípios completamente diferentes das armas reais e não sejam letais, a segurança básica do airsoft deve ser seguida para impedir a possibilidade aleatória de ferimento durante o jogo. Estas são algumas da regras fundamentais de segurança para o manuseamento das replicas:

* Nunca andar com o carregador inserido, a menos que estejas a jogar. 

* Usar sempre protecção ocular durante os jogos e nunca os tirar a não ser que se esteja numa zona em que assim seja permitido. 

* Tratar sempre a arma como se tivesse carregada e pronta a fazer fogo, mas nunca no gatinho para evitar tiros por sustos.

gatilho 


* Nunca apontar a arma a ninguem ou a nada que não seja intencionado apontar. 

* Ter sempre certeza do alvo e do que se encontra por detrás dele. 

* Não se deve deixar a arma carregada ou descarregada abandonada. 

* Manter o dedo fora do gatilho e em segurança até o jogo começar, isto previne disparos fortuitos. 

* Evitar deixar a arma carregado no fim dos jogos. 

Estas são algumas das regras básicas, alguns clubes / equipas tem as sua próprias regras pois a organização e sempre sobreana.
Em Portugal no que toca a lesgislação para a practica de Airsoft todos sem excepção têm de estar associados a uma APD e serem maiores de 18 anos ou maiores de 16 anos com a devida autorização do seu tutor.
Em termos das replicas os valores de potencia maximos permitidos são de 374fps / 1.3 Joules , mas como dito anteriormente as organizações de jogos são sobreanas e criam as sua regras internas e muitas pedem valores mais baixos como 350 fps para replicas primarias (M4. G36, AK,etc) e 300 fps para replicas de apoio (pistolas, Shotguns, etc) devido a serem jogos de CQB que criam situações de uma aproximação menor aos adversarios.
Uma BB pode facilmente provocar graves ferimentos ou mesmo ferimentos permanentes, incluindo a cegueira, a quem não use a protecção ocular, a protecção ocular nunca deve ser retirada em campo.
Para alem das potencias a nossa legislação também nos obriga a pintar as nossas replicas de Amarelo / Vermelho Fluorescente, sendo que para replicas com mais de 60cm têm de pintar a coronha na totalidade e 10cm do cano e com replicas com menos de 60cm por vezes dependendo do modelo apenas temos de pintar o punho e 5cm do cano.

pintura